quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Metade dos programas usados no Brasil são piratas



A Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) publicou um relatório alarmante sobre o país: metade dos programas usados no Brasil são piratas.
Na semana passada, a ABES lançou uma campanha de conscientização sobre o uso de programas piratas e destruiu mais de 2 milhões de CDs e DVDs com material ilegal apreendidos pela polícia.
De acordo com o diretor jurídico da ABES, Manoel Antonio dos Santos, o país melhorou pouco desde que a associação começou a combater a pirataria e desabafou: “nós trabalhamos há mais de três décadas e ainda temos metade dos programas de computador em uso no Brasil sem autorização. Ainda há muito a se fazer a respeito da Propriedade Intelectual no Brasil”.
Estimativas recentes calculam que o mercado de software legalizado movimente perto de 3 bilhões de dólares por ano no país, mas esse valor poderia facilmente duplicar se a pirataria fosse controlado, de acordo com um estudo realizado pela Business Software Alliance (BSA).
A ABES possui um website dedicado a denunciar o oferecimento de softwares piratas. Até Novembro deste ano, a partir destas denúncias, a entidade conseguiu remover perto de 65 mil anúncios, links e sites que ofereciam conteúdo ilegal e que violava o direito autoral das empresas integrantes da associação.

fonte:codigofonte

0 comentários:

Postar um comentário